O processo de transformação pessoal começa na mente, mas só se concretiza em ações se houver esforço e persistência.

Falar que deseja mudar, que precisa alterar algum hábito ou fazer coisas novas é fácil. Mas, na prática, essa situação parece ser mais difícil. Isso porque uma mudança sempre gera um estranhamento e até medo.
 
 
O que acontece é que as pessoas insistem em repetir as mesmas atitudes ou hábitos com receio do que pode ser o “novo”. A mudança, às vezes, é necessária e deve ser feita aos poucos. As pessoas sabem que não podem fumar, comer demais, outras não gostam de ser bagunceiras, desajeitadas, mas isso tudo são hábitos que podem ser mudados. Basta querer.
 
 
Para a terapeuta Cidinha D´Agostino, o primeiro passo para a mudança é querer e estar disposto a mudar. “Toda mudança precisa de um esforço, fazer acontecer. Às vezes, a pessoa quer mas não está disposta a mudar a situação, porque toda mudança demanda esse esforço”, diz.

**FONTE: www.buscaautoconhecimento.blogspot.com.br

Depoimento

 João Augusto Rodrigues Moitinho é advogado e consultor  jurídico, graduado pela UNESP, estudioso da física quântica, comenta o livro Ter ou Ser, eis a nova questão.
 

O Livro

 O livro “Ter ou Ser... Eis a nova questão”, apresenta uma técnica inédita, denominada Terapêutica Emocional, em que trabalha a busca do equilíbrio e da harmonização proporcionados por novos conceitos e crenças gerados pelo indivíduo a partir do conhecimento  de sua Identidade Emocional, seja ela Ter ou Ser.

Leia mais...