Clipping

Especialista de Rio Preto, SP, explica Transtorno Obsessivo Compulsivo

O que para muitos é uma mania, para outros é um tormento que irá levar para a vida inteira. O TOC, Transtorno Obsessivo Compulsivo, é um mal que atinge cada vez mais as pessoas por causa da rotina estressante e o mundo violento em que vivemos.

LEIA MAIS...
 
Eles não querem crescer

Homens namorando moças com idade da filha já não causa tantos comentários maldosos. Senhoras com rapazes muito jovens também tem sido visto como algo corriqueiro. O que tem causado estranhamento, e até certo incômodo de quem convive, são homens e mulheres que insistem em se comportar como adolescentes sem freio - rebeldes, independentes, ansiosos, egocêntricos. Na prática, o comportamento resulta em confusão no convívio social. Para os filhos, os pais na maioria da vezes perdem a posição de heróis para serem vilões, e no mercado de trabalho, os imaturos não são levados a sério. 

LEIA MAIS...


Terapeuta identifica perfis de Identidades Emocionais

A terapeuta emocional Cidinha D’Agostino, de Rio Preto, lança nesta quinta-feira o livro “Ter ou Ser… Eis a Nova Questão”, em que esclarece a técnica da “Terapêutica Emocional”, compreendendo as identidades emocionais “ter” e “ser”. O lançamento está marcado para 20 horas, no Hotel Sakr. A vontade de escrever o livro nasceu do interesse da terapeuta em alcançar mais pessoas em um mesmo espaço de tempo, e que elas pudessem ser beneficiadas com a técnica desenvolvida por ela. 

LEIA MAIS...


Vontade de viver é fundamental para driblar a morte
Quando descobriram o tipo de tumor retirado dos rins da cantora rio-pretense Tânia Renata Venâncio da Cruz, 42 anos, os médicos vaticinaram que ela teria, no máximo, três anos e meio de vida. “Mas não sabiam com que tipo de paciente estavam lidando,” diz a cantora. Com força de vontade, batalha, determinação e, acima de tudo, desejo de viver, há nove anos ela vem driblando a morte e ganhando o jogo da vida, apesar dos percalços.

LEIA MAIS...


Crie em sua casa um recanto de paz

O mundo é cheio de situações que incluem competição, traição e inveja, que não devem se repetir dentro de casa. Nada melhor do que chegar depois de um dia cheio de problemas e dificuldades e encontrar um lar que transmita paz para que possamos recarregar as energias. Para isso, o primeiro passo é tirar as armaduras e deixá-las do lado de fora, assim como as energias negativas trazidas da rua para poder ouvir mais com o coração. Você pode incluir elementos simbólicos, que criam um clima gostoso e aconchegante - porque alteram, mesmo que de maneira sutil, as energias do lado de dentro.

LEIA MAIS...


Paredes e os móveis podem captar energias negativas

Engana-se quem pensa que a memória é ferramenta exclusiva do cérebro ou de equipamentos tecnológicos. O universo também é capaz de adquirir, armazenar e recuperar informações, segundo algumas linhas de raciocínio holístico. “Tudo tem memória. Com o ambiente onde moramos ou trabalhamos, os móveis e os objetos de decoração não é diferente”, explica a consultora de feng shui, Roberta Lerro Rodrigues.

LEIA MAIS...
 

Estado de contentamento gera energia, motivação e tranquilidade
 
Passar a vida toda trabalhando, dedicando-se à família, aos amigos, pode ser o resumo da existência de muitas pessoas. A verdade é que não há uma receita para viver a vida, mas o que muitos buscam, constante e incansavelmente, é uma vida feliz. 

LEIA MAIS...


Comportamento

"Existem muitas influências sobre nossas vidas e a maior delas é a influência mental", diz a terapeuta holística Cidinha D'Agostino. Isso significa que, se você tiver um símbolo e acreditar que as energias irão melhorar por isso, ele certamente ...


O processo de transformação pessoal começa na mente, mas só se concretiza em ações se houver esforço e persistência.

Falar que deseja mudar, que precisa alterar algum hábito ou fazer coisas novas é fácil. Mas, na prática, essa situação parece ser mais difícil. Isso porque uma mudança sempre gera um estranhamento e até medo.

LEIA MAIS...

Depoimento

 João Augusto Rodrigues Moitinho é advogado e consultor  jurídico, graduado pela UNESP, estudioso da física quântica, comenta o livro Ter ou Ser, eis a nova questão.
 

O Livro

 O livro “Ter ou Ser... Eis a nova questão”, apresenta uma técnica inédita, denominada Terapêutica Emocional, em que trabalha a busca do equilíbrio e da harmonização proporcionados por novos conceitos e crenças gerados pelo indivíduo a partir do conhecimento  de sua Identidade Emocional, seja ela Ter ou Ser.

Leia mais...