O poder da mente é muito maior do que podemos imaginar.

 Terapêutica Emocional é a técnica desenvolvida por Cidinha D’Agostino que auxilia no autoconhecimento e na cura de diversas doenças provenientes do psicológico.

 

 

 Cidinha apresenta ainda o descobrimento das ‘identidades ser e ter’ que prometem grandes mudanças na vida do ser humano.

 Atualmente muito se ouve falar sobre doenças, preocupações, o stress do dia a dia, trânsito e tudo que possa vir a tirar alguém do seu eixo. No entanto, pouco se fala e se sabe sobre como trabalhar a mente para fugir de todas essas lamentações diárias.  Pouquíssimas são as pessoas que têm ciência de que, se mudarmos nosso padrão de pensamentos, conceitos e crenças, tudo poderá fluir com leveza e de maneira mais agradável, tornando a vida mais leve e mais fácil de ser vivida.

 

Foi pensando nessa mudança de paradigmas que a Terapeuta Emocional Cidinha D’Agostino desenvolveu uma técnica inédita denominada por ela de: ‘Terapêutica Emocional’, cujo maior objetivo é apresentar ao individuo o poder de sua mente e como usa-la a seu favor. “Os conceitos e as crenças são totalmente passíveis de mudança, basta aprendermos a entrar em contato com nosso verdadeiro eu, descobrindo-nos e desenvolvendo-nos, cada vez mais, sabendo que os dons e talentos que Deus nos deu são pessoais e intransferíveis”, afirma a terapeuta.

 

Muitos sabem com superficialidade que a mente é uma arma poderosa, mas não sabem como usa-la. Cidinha então lançou seu primeiro livro, “Ter ou Ser eis a nova questão“ para nos ajudar a desvendar os mistérios da mente e como podemos, através dela, fazer mudanças significativas em nossas vidas.

 Para identificarmos melhor a técnica Cidinha D’Agostino nos revela duas identidades emocionais até então desconhecidas, a “Identidade Emocional Ser e a Identidade Emocional Ter”.

 

Segundo Cidinha as pessoas de identidade emocional ‘ter’ estão ligadas no antes, nas expectativas, e no que consideram necessário, por esse motivo competem, buscando  concluir tudo o que estiver em seu foco de atenção, Já as pessoas de identidade emocional ‘ser’ estão vinculadas no experimento, no depois, e naquilo que consideram de seu gosto, são essencialmente combatentes, procurando ilimitar tudo o que lhe parecer contraditório.

 

Há oito anos a terapeuta aplica essa técnica em seus clientes e para ela o  foco fundamental é mostrar a capacidade interior de cada um e o amor próprio que deve ser trabalhado diariamente, para que assim o individuo se sinta merecedor dessas mudanças, “O mais importante em se autoconhecer é saber das potencialidades latentes. Em grande parte dos casos as pessoas passam  pela vida acomodadas ao que a elas foi passado como valor. Mas, quando conhecem o funcionamento da mente  e descobrem o sistema emocional que as dirige , e também percebem aquilo que têm como conceito e crença, automaticamente começam as mudanças para melhor”, conclui a terapeuta.

Com esse novo método a terapeuta afirma ainda que se forem realiazadas repetições diárias, com pensamentos contrários àqueles já instalados no subconsciente, num prazo de sessenta dias, conseguimos mudar nossas crenças, “ O pensamento têm poder, se repetirmos cada frase de efeito positivo, três vezes seguidas durante sessenta dias, conseguimos transformar um pensamento ruim em algo benéfico”, conta Cidinha.

 

A técnica vai muito além do autoconhecimento, com ela Cidinha dá capacidade ao individuo para que ele se cure de seus traumas, sofrimentos e angustias. “Atualmente, são catalogadas duzentas e oitenta doenças provenientes de nossa mente, ou seja de cunho psicológico, portanto se nós a criamos, nós também podemos cura-las, encontrando a razão porque ela foi criada e  mudando nosso modo de pensar, para que aquele sentimento que a tenha causado seja dissipado pelo nosso subconsciente”, afirma Cidinha D’Agostino.

Acesso ao Sistema



Depoimento

 João Augusto Rodrigues Moitinho é advogado e consultor  jurídico, graduado pela UNESP, estudioso da física quântica, comenta o livro Ter ou Ser, eis a nova questão.
 

O Livro

 O livro “Ter ou Ser... Eis a nova questão”, apresenta uma técnica inédita, denominada Terapêutica Emocional, em que trabalha a busca do equilíbrio e da harmonização proporcionados por novos conceitos e crenças gerados pelo indivíduo a partir do conhecimento  de sua Identidade Emocional, seja ela Ter ou Ser.

Leia mais...